Viver é saber aproveitar a solidão
Publicado dia: 04/jul/16 | Categoria: Para Refletir | Autor: Laís Santos

[LEIA, OUVINDO]:

 

Amores eternos não existem,

eu vivo repetindo isso.
Talvez sejamos iludidos ou moles demais, mas precisamos admitir, todos nós em algum momento da vida pensamos que acharíamos a pessoa ideal, algumas de fato acharam, outras ainda estão na constante procura e outras, bem.. outras já desistiram.
Já me disseram que quando se desiste é que aparece, será então que desistir é uma tática para achar o amor eterno e verdadeiro?
O fato é que nós seres humanos fugimos da solidão,

porque ela nos coloca face a face com o que somos, e meu querido leitor, acredite, poucas pessoas tem essa coragem..
Coragem de parar, se analisar, sair do automático, perceber o que gosta ou não gosta em si e no outro, ter coragem de enxergar a solidão como amiga e não como inimiga mortal de uma juventude ou quem sabe da vida.
Solidão bem dosada é remédio e como nossas avós diziam, se remédio fosse bom não era remédio não é?
Em minhas conversas com amigas e amigos percebo que todos, independentemente de classe social e sexo, enfrentam essa difícil e dolorosa cruzada que é achar um amor, fico a pensar: Será que somos forçados a acreditar em príncipes e princesas encantadas pela grande mídia, ou será que essa questão de amor eterno é apenas uma questão de perspectiva?
Veja bem:

Eu posso me contentar com a realidade que é a vida e eternizar em mim um momento especial, com uma ex (a) ou posso me dar por insatisfeito com momentos que vivi e viver uma insana e vazia procura por esses momentos, percebe a diferença?

Não importa se você já não esta mais com a pessoa, vocês tiveram momentos lindos, momentos em que você acreditou que aquele fosse o seu amor eterno e na verdade é, pois aquele fato ficou marcado ai dentro de você, e mesmo que a pessoa tenha dado uma mancada bem feia com você, aquele momento ainda esta ai.
Quando eu era criança eu assistia todos os tipos de desenho da Disney e confesso o que eu mais gostava era a Cinderela, talvez o mal de nossa geração tenha sido isso, crescer achando que a vida se resume em achar o príncipe encantado para nos tirar da dura realidade, sinto lhe informar meus amigos, viver é mais que isso, viver é aproveitar os bons momentos e eterniza-los em nossa alma para que em momentos tristes possamos lembrar com um leve sorriso nos lábios.
Viver é saber aproveitar a solidão, pois no fundo somos todos viajantes solitários deste planeta!

 

Thi Tasca

REDES SOCIAIS: Facebook: Thiago Tasca // Instagram: @thi_tasca//

0
Comentários

Envie um comentário:

Seu nome (obrigatório)
Seu e-mail (obrigatório)
* não será publicado
Seu blog/site


Mensagem