Na busca incansável de encontrar alguém!
Publicado dia: 30/mar/16 | Categoria: Destaques, Para Refletir, Saúde | Autor: Laís Santos

tumblr_lhv6z9uU9s1qggu39
Vivemos rodeados de pessoas de todos os tipos, gostos musicais, religiões, raças, corações…

Pessoas que se diferem em vários aspectos. Uns mais intensos, outros mais distantes, cada um de uma forma, cada um com uma vida.

Mas o que poucas pessoas sabem, é que a grande maioria está na busca incansável de encontrar alguém. Alguém pra conversar, alguém pra escutar, alguém pra cantar uma canção, alguém pra olhar. Pra contar um segredo, pra correr em volta do lago em um final de tarde, alguém pra conhecer.
Quando a gente é adolescente, a busca é diferente. A busca é por diversão… E a gente encontra, muita diversão… muitas pessoas!

Mas, o tempo passa, e a busca muda. Muda principalmente porque o foco agora é outro, apenas se divertir, não é o bastante, não é o suficiente, o que torna a busca ainda mais difícil.
Difícil porque a primeira impressão é de que, por fim, encontramos. Mas não, no fundo, é muito mais complicado, muito mais desgastante, o que faz a gente muitas vezes desanimar, ou sair loucamente, incansavelmente, à procura!
Porque viver sozinho não basta mais sabe, chegar o final de noite, e você sozinho, sem nenhuma mensagem no seu WhatsApp, sem nenhuma resposta no Snapchat, sem nenhum coraçãozinho no Instagram, sem ligações, iMessage, sem a presença, os abraços, as confissões. Sem nada, só você, seus travesseiros, e muitos pensamentos.
Porque no fundo, a gente só busca alguém pra dividir momentos, histórias, risadas e até mesmo lágrimas.
A procura existe, e talvez sempre exista, porque no fim, nem todo mundo é o que parece ser, às vezes um sorriso bonito, não significa bondade, umas palavrinhas não significam atitudes, e assim por diante.

Até porque quando estamos buscando alguém, é fato de que queremos alguém que não seja menos do que somos, ou do que merecemos, porque sim, merecemos alguém bom o bastante pra nos fazer rir dos nossos próprios erros, e nos ajudar quem sabe, a conserta-los quando necessário.
A busca existe, e por mais sofrida que muitas vezes ela possa ser, ela deve existir!

Porque é buscando, que se encontra, quem veio pra ficar!

Por Lalá Santos

0
Comentários

Envie um comentário:

Seu nome (obrigatório)
Seu e-mail (obrigatório)
* não será publicado
Seu blog/site


Mensagem