A importância do Carboidrato | Por Ana Lucia Borsari
Publicado dia: 20/abr/16 | Categoria: Destaques, Saúde | Autor: Laís Santos

Sem Título-115

Olá,

Sou a nutricionista Ana Lucia Borsari e hoje vou falar a respeito dos CARBOIDRATOS
Bom, eu sei que tem muita gente que é apaixonada por eles e tem muita gente que só de ouvir falar já “morre” de medo. Mas calma, porque eu vou mostrar que eles podem sim fazer parte de uma dieta equilibrada e são tão importantes quanto você imagina!
Sua má fama é porque, muitas vezes, ele é consumido na qualidade errada (na forma de carboidrato branco, refinado, industrializado) e também na quantidade errada.
Mas afinal o que é carboidrato? Os carboidratos são considerados nutrientes energéticos, que têm como função fornecer a maior parte da energia necessária para o nosso corpo realizar suas atividades normais (como andar e trabalhar).

 

Eles são transformados na sua maioria em glicose (açúcar), e você sabia que a única fonte de energia para o nosso cérebro é a glicose? Então, quando você retira o carboidrato da alimentação seu corpo vai ter que dar um jeitinho de “pegar” energia das gorduras e proteínas, mas isso pode fazer falta para você e estará desestruturando seu corpo para usar outra fonte de energia.
Eles são divididos em 2 tipos:

– Os simples (mono e dissacarídeos), que possuem a quebra das moléculas de açúcares rápida e são absorvidos rapidamente, aumentando as taxas de glicose no sangue. Traduzindo, eles não possuem fibras.

– E os complexos (polissacarídeos), que possuem a quebra das moléculas de açúcares mais lenta e são absorvidos lentamente, pois eles combinam vários tipos de açúcares e para serem absorvidos e utilizados como fonte de energia devem ser quebrados em carboidratos simples. Traduzindo eles possuem fibras. E esse processo de digestão lenta proporciona um fornecimento constante de energia e limita a quantidade de açúcares convertida em gorduras por um bom tempo.
Existem várias fontes ótimas de carboidratos complexos, que possuem fibras, agregam nutrientes, auxiliam no bom funcionamento intestinal e possuem uma digestão mais demorada, então dão saciedade: cereais integrais, aveia, arroz integral, arroz 7 grãos, batata doce, mandioquinha salsa, mandioca, abóbora cabotia, inhame, entre outros.
E olhem como é o ciclo de quando realizamos uma refeição com carboidratos simples:
1. Fazemos uma refeição com carboidrato simples

2. Esse carboidrato, por possuir uma composição simples, é rapidamente digerido. Assim, uma grande dose de glicose é depositado no sangue.

3. Ocorre um pico de insulina em nosso corpo, que leva essa glicose (em forma de glicogênio) aos nossos estoques, que quando cheios, fazem com que o glicogênio em excesso seja armazenado como gordura.

4. Como ocorreu um alto pico de insulina, temos agora uma baixa de glicose no sangue, fazendo com que busquemos mais comida (sentimos fome), para normalizar esses níveis.

5. Comemos novamente e o ciclo se repete.  
Assustador não é? Perceba que, nesse ciclo, estaremos armazenando aquela glicose em forma de gordura e comemos mais, portanto, engordamos. Ai esta a importância dos carboidratos complexos, que não deixam esse clico acontecer, auxiliando no emagrecimento e até na prática de atividade física.
Para finalizar, uma curiosidade…

Cada grama de carboidrato fornece 4 calorias ao nosso organismo, então se consumido em excesso é acumulado em gordura, mas na quantidade certa e no momento adequado eles não vão te fazer mal…
Lembre-se que a melhor pessoa para montar dietas é um nutricionista, e nada de dietas sem “carbo” em!

Não coma pelo seu peso, coma pela sua saúde!  

Ana Lucia

Gostou? Qualquer dúvida entre em contato: analucia_borsari@hotmail.com

Facebook: Ana Lucia Borsari

CRN: 10262/P

0
Comentários

Envie um comentário:

Seu nome (obrigatório)
Seu e-mail (obrigatório)
* não será publicado
Seu blog/site


Mensagem